FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

0
15

Acidente causa lesões em mais um trabalhador terceirizado da Celesc

Infelizmente, a história se repete com mais um trabalhador de uma terceirizada da Celesc. Dessa vez, o fato ocorreu no domingo, 3 de março, em Florianópolis. O empregado de 39 anos teve 45% do corpo queimado após sofrer um choque enquanto trabalhava na Praça da Agronômica, região central da cidade. A Intercel busca mais informações sobre o acidente para acompanhar a apuração do caso.

Conselheiro de Administração fará percorrida anual em março e abril

 Representante dos Empregados no Conselho de Administração da Celesc eleito pela categoria, Paulo Horn, fará a prestação de contas de seu mandato nas 16 Regionais da empresa entre 19 de março e 24 de abril. As datas da visita em cada Agência serão fechadas nos próximos dias e divulgadas pelo e-mail corporativo pelo Conselheiro. É importantíssima a participação da categoria nos encontros para tirar suas dúvidas e ouvir o relato do Conselheiro Paulo.

Mudanças no acesso na CGT Eletrosul

A direção da empresa, sem nenhum motivo que justificasse, mudou o entendimento sobre acesso nas suas instalações. Desta forma, informaram que aplicarão a NG 007 na íntegra, mudando a portaria para as as guaritas que dão acesso ao estacionamento da sede e Sertão do Maruim. Esta sistemática está causando transtornos de toda ordem, tanto no impedimento de visitantes para acesso ao restaurante, como para pessoas que entravam para aguardar seus familiares no estacionamento e recepção. O Sinergia recebeu com espanto esta arbitrariedade. Nem na época da ditadura militar a alta direção se portou de forma tão arbitrária

Governo federal cria Grupo de Trabalho Temático para tratar da situação da Eletrobras

O governo federal criou um Grupo de Trabalho Temático por meio da portaria 177, de 27 de fevereiro de 2024, para analisar a situação da Eletrobras recém privatizada. O governo federal hoje detém cerca de 43% das ações com direito a voto na companhia, mas teve restrição desse direito a menos de 10%, o que vem sendo questionado no Supremo Tribunal Federal. As entidades sindicais que compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) entendem que, com a criação do GTT e com a participação deste Coletivo, o governo possa se inteirar melhor sobre as situações de precariedade e desrespeito às pessoas trabalhadoras e assim melhorar as condições de trabalho digno na empresa

Intersul conclui Assembleias de Pauta do ACT 2024-2026

Sindicatos que representam empregadas e empregados da CGT Eletrosul concluíram as Assembleias de Pauta do ACT 2024-2026. A Pauta de Reivindicações Nacional discutida com a categoria foi entregue pelo CNE à Eletrobras no dia 29 de fevereiro, sendo solicitado que a primeira reunião de negociação acontecesse em 13 de março. A Eletrobras respondeu que só iniciará as reuniões de negociação a partir da primeira semana de abril. Na Pauta, uma das principais questões levantadas pelos Sindicatos é a isonomia entre trabalhadores antigos e novos, além da manutenção dos direitos e benefícios e a adoção de um PDV permanente. Por outro lado, a Pauta de Reivindicações Específica da CGT Eletrosul seria entregue pela Intersul em reunião presencial com a Diretoria da empresa. Para surpresa dos sindicatos, contrariando os procedimentos históricos de negociação, a Eletrobras informou, por meio de correspondência, que os ACTs específicos serão discutidos conjuntamente, na negociação nacional, não permitindo a discussão das pautas específicas com as empresas subsidiárias. Neste processo, trabalhadoras e trabalhadores devem se preparar para uma negociação difícil, com a certeza que os sindicatos e o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) realizarão todas as tratativas necessárias para chegar a um bom Acordo. Contem conosco, e vamos em frente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui