EXPECTATIVA PARA A 5ª RODADA

0
9

Mais uma vez, a empresa não apresentou proposta ao Acordo Coletivo de Trabalho possível de apresentar à categoria. Apenas retomou a premissa de redução salarial. O CNE reiterou que não aceita discutir redução salarial, que embora, não seja o caminho, aceita discutir outros pontos para que haja uma saída. Pontuou que o PDV, de forma justa e menos traumática, pode ser um meio para resolver o que a empresa coloca como premissa de diminuição de folha de pessoal. 

Além disso, o CNE apresentou proposta de compilação dos ACTs específicos das cinco empresas do Sistema Eletrobras. O objetivo é que essa compilação de 46 cláusulas unificadas passem a compor o ACT nacional, garantindo, assim, a manutenção de diversos direitos e benefícios para todos os trabalhadores e trabalhadoras do Sistema Eletrobras. 

A quinta rodada de negociação está agendada para 21 de maio, no Rio de Janeiro. O objetivo do CNE é sair da reunião com uma proposta para apreciação da categoria, seja para aprovação ou rejeição. O Coletivo Nacional dos Eletricitários reafirma que não dará um passo atrás na posição de manutenção integral dos salários. 

O CNE enfatiza a importância da categoria ficar atenta às convocações das entidades sindicais, seja para a realização de assembleias informativas ou para conversas dentro das próprias empresas. Lembre-se de buscar informações diretamente com o seu sindicato. 

Por fim, a Eletrobras acumulou lucro de R$4,4 bilhões no ano passado, e definiu em assembleia de acionistas, distribuir R$1,3 bilhão em dividendos e remunerar os administradores em R$83 milhões. Os números tão pomposos são, no mínimo, uma contradição às propostas de tentativa de redução de salário dos trabalhadores. Desde a privatização da empresa, houve muitas perdas, precarização e muitas demissões. Estamos sempre dispostos a negociar, buscar caminhos, mas não podemos aceitar condições injustas e indecorosas para uma força de trabalho que opera a maior empresa de energia elétrica da América Latina. 

Na segunda feira, dia 20, o CNE se reunirá para preparar a 5a rodada da negociação do ACT, que acontece na terça, 21. A expectativa é que a Eletrobras avance na proposta – que, até agora, não atende à categoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui