FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

0
12

APC celebra 40 anos 

A Associação dos Profissionais da Celesc – APC convida a categoria para a comemoração de seus 40 anos. O evento ocorrerá em 11 de junho, a partir das 13h30, no auditório Milan Milasch, na Administração Central da Celesc. Na programação do evento, homenagens aos ex-presidentes da APC, coquetel e palestra do geógrafo e professor Harryson Luiz da Silva, da UFSC, com o tema “O Impacto da Inteligência Artificial no Setor Elétrico”.

Foz do Chapecó: categoria aprova contraproposta ao ACT 2024/2025 

Em assembleia realizada na segunda-feira, 3 de junho, trabalhadoras e trabalhadores da Foz do Chapecó Energia S/A aprovaram por unanimidade a contraproposta apresentada pela empresa à pauta de reivindicações ao ACT 2024/2026. Na avaliação de trabalhadores e dirigentes sindicais presentes na assembleia, os avanços conquistados foram fruto do envolvimento da categoria e do bom momento na geração de energia. O dirigente do Sinergia Mario Jorge Maia afirmou que “pelo balanço positivo publicado pela empresa, poderíamos alcançar um melhor resultado. Porém, a diretoria não aceitou as argumentações. Fica o registro que o lucro produzido pela classe trabalhadora não deve ser somente do patrão, e sim dividido com aqueles e aquelas que o produzem”. A diretoria do Sinergia agradece a participação da categoria no processo de negociação.

Intercel pede reunião sobre situação do atendimento na Celesc 

Na segunda- -feira, 3 de junho, o Sinergia pediu à Direção da Celesc mais uma reunião para tratar das condições de trabalho de atendentes comerciais na empresa. Mais de um mês após a implantação do programa SAP-HANNA, atendentes comerciais em todo o estado seguem com dificuldades com o sistema e com a impaciência de consumidores por conta da demora para conseguir efetuar transações simples via aplicativo ou site – na imagem acima, a fila de consumidores do lado de fora da loja do centro de Florianópolis, cena que se tornou cotidiana em vários municípios. A Coordenadora da Intercel, Caroline Borba, afirmou em vídeo postado no instagram @intercel. sc que a comunicação externa melhorou, mas as lojas continuam cheias e os trabalhadores estão esgotados e inseguros: “precisamos de soluções mais práticas e efetivas”. A Celesc respondeu à correspondência da Intercel nessa terça-feira, dia 4, indicando uma reunião com os sindicatos na quarta-feira, dia 5, pela manhã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui