Guerreiros além-fronteiras!

TRABALHADORES DA CELESC PÚBLICA SÃO RECONHECIDOS PELO EXCELENTE TRABALHO DE AJUDA E RESTABELECIMENTO DA ENERGIA NO RIO GRANDE DO SUL

0
20

 

Ganhou repercussão nas redes sociais e na TV o vídeo dos empregados da Celesc que foram deslocados ao Rio Grande do Sul para auxiliar no restabelecimento da energia elétrica em municípios afetados pelas terríveis enchentes do mês passado. Nas imagens, trabalhadores da empresa pública se deslocam ao estado vizinho na BR 101 em camionetes 4×4 com cesto aéreo. Já no Rio Grande do Sul, trafegam por estradas alagadas e uma comemoração muito grande é realizada pelos moradores no momento da volta da energia elétrica. No bairro Serraria, em Porto Alegre, onde pelo menos 8.000 pessoas estavam sem energia, uma moradora abraça um trabalhador da Celesc e agradece emocionada: “24 dias sem luz!”. Ao fundo, vizinhos gritavam: “viva os catarinas!”, “viva os guris de SC”, “viva SC”, “viva a Celesc”. 

Os trabalhadores da Celesc, experientes em recompor a energia em tempo recorde em diversas catástrofes climáticas pelo estado, fazem bonito também além das ‘fronteiras’ de Santa Catarina.

O vídeo, compartilhado pelas redes sociais da Intercel e de diversos celesquianos estado afora, ganhou destaque em um programa da TV Record e foi republicado por personalidades, como o ex-Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República e do Trabalho e Previdência Social no governo Dilma Rousseff e ex vice-governador do Rio Grande do Sul, Miguel Rossetto. O político, hoje deputado estadual, enalteceu o trabalho dos celesquianos e lembrou que “a CEEE Equatorial, privatizada, não tem nem trabalhadores suficientes para garantir o fornecimento de energia de áreas não alagadas…

É esse trabalho bem feito, que sempre foi a marca dos celesquianos, que está ameaçado pela atual política de desmonte da empresa. Não contratar novos empregados, especialmente na linha de frente, pode comprometer os serviços aos catarinenses e inviabilizar um serviço ágil de recuperação da rede em casos de catástrofes extremas.

Parabéns aos celesquianos! Viva a Celesc Pública!  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui