Deputado se solidariza com trabalhadores da Celesc

Dificuldades e angústias no atendimento comercial da Celesc foram levadas ao Parlamento Catarinense pelo deputado Fabiano da Luz

0
9

 

O deputado estadual Fabiano da Luz (PT) se solidarizou na terça-feira, 18 de junho, com trabalhadoras e trabalhadores da Celesc. Ele argumentou, na Tribuna da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que nesse último mês, “a Celesc, que é reconhecida como uma empresa que atende a sociedade com qualidade, tem sofrido por conta dos erros de sua diretoria”. Ele explicou que tem visto as lojas de atendimento da empresa “lotadas, com filas que saem pelas portas e uma série de reclamações da população porque a mudança do sistema de atendimento da empresa apresenta graves problemas”. E nesse processo, “os empregados da Celesc acabam sendo expostos, ofendidos pela população, mesmo sem ter culpa dos erros que lá estão acontecendo”.

Fabiano relatou na sequência, que “há tempos, os sindicatos têm denunciado um planejamento da atual diretoria, que não prioriza o atendimento ao povo, mas sim o lucro. E nesse planejamento, a diretoria se negou a contratar trabalhadores próprios para as lojas de atendimento, prejudicando não só o povo, mas principalmente os trabalhadores das lojas da Celesc, que em número, são insuficientes para dar conta de todo o serviço”.

O deputado, que participou das últimas Assembleias e do Congresso dos Empregados da Celesc, afirmou que “os trabalhadores estão sobrecarregados e infelizmente sendo hostilizados nas lojas, sofrendo com problemas de saúde, com riscos à sua segurança. Não são poucos os casos de desabafo de trabalhadores pela situação caótica que se encontram nas lojas de atendimento. E aqui nessa Casa, nós precisamos não só defender a Celesc, mas também defender os seus trabalhadores: eles são responsáveis pelo histórico de bons serviços prestados pela Celesc, determinante para sua manutenção como empresa pública e conquista de inúmeros prêmios de qualidade recebidos no país e também no exterior”. 

Fabiano fez “um apelo à população para que tenham empatia e tranquilidade para com os trabalhadores da Celesc: eles não têm culpa pelos problemas causados pelo sistema. Tenho absoluta certeza que todos os trabalhadores da Celesc estão angustiados porque querem atender bem à população”.

O parlamentar, que é o segundo deputado em uma semana a elogiar a atuação dos trabalhadores da Celesc na Tribuna, ainda disse que “lamentavelmente, diante disso tudo, desse caos gerado pela inércia em se resolver os problemas do sistema, o presidente da Celesc deu uma entrevista ao jornal Valor Econômico, onde diz que a privatização deve estar sempre no horizonte da Celesc caso ela não preste um serviço de qualidade. A loucura aqui é que a sua gestão tem prejudicado o atendimento ao povo e a Celesc sempre prestou serviço de qualidade, melhor que as empresas privadas. Se a qualidade do serviço cair, não é culpa dos trabalhadores. Esse é um filme já batido, conhecido daqueles que tentam dizer que quanto pior melhor para justificar que em função do péssimo atendimento, é melhor privatizar a companhia”.

O deputado concluiu sua fala comparando os serviços da Celesc com o de outras concessionárias privatizadas e enaltecendo a ajuda de celesquianos ao estado vizinho do Rio Grande do Sul durante a catástrofe climática do mês passado. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui