Governador Jorginho Mello se compromete a dialogar com a Intercel

GOVERNADOR RECEBEU EM LAGES CORRESPONDÊNCIA DOS TRABALHADORES DA CELESC PEDINDO ABERTURA DE DIÁLOGO

0
20

Na última sexta-feira, 21 de junho, o governador Jorginho Mello (PL), esteve na cidade de Lages para a inauguração de uma usina fotovoltaica da Celesc – UFV LAGES II. Aproveitando a visita do governador, que se comprometeu diversas vezes – desde o período de campanha eleitoral – a manter a Celesc Pública, alguns trabalhadores e dirigentes sindicais do STIEEL (sindicato que representa a categoria eletricitária na região) levaram faixas e cartazes para a entrada do local do evento pedindo a abertura de diálogo do governo do Estado com celesquianas e celesquianos. O objetivo era chamar a atenção de Jorginho para fazerem a entrega de uma correspondência assinada pelos sindicatos da Intercel, solicitando uma reunião para tratar da Celesc.

É importante registrar que todos os últimos governadores de Santa Catarina (Carlos Moisés, Raimundo Colombo, Luis Henrique da Silveira) receberam a representação de trabalhadores e trabalhadoras da Celesc e tiveram diálogos bastante propositivos em defesa da manutenção da empresa pública. Jorginho, que está no cargo há um ano e meio, ainda não recebeu os sindicatos para um diálogo e para ouvir as preocupações da categoria.

As faixas colocadas em Lages tinham como propósito chamar a atenção do governador para a necessidade urgente de recomposição do quadro de trabalhadores e o fim das terceirizações, problemas já conhecidos de todos os celesquianos, e que vêm a cada dia mais sendo colocados como principais premissas da atual Direção da empresa.

A maior faixa no ato sugeria ao governador que “com o diálogo, todos têm a ganhar”, indicando que a conversa solicitada não pretende atacar o governo, mas, sim, apresentar proposições para tornar a Celesc ainda melhor.

Logo na chegada, o governador parou, cumprimentou os trabalhadores e disse que os atenderia no final do ato da inauguração da usina fotovoltaica. Em seguida, os trabalhadores foram até o evento, onde estavam presentes vários Diretores da Celesc – inclusive o Presidente Tarcísio Rosa -, além de autoridades e lideranças locais, como o prefeito de Lages e deputados estaduais.

Em seu discurso, o governador reafirmou o compromisso em manter a Celesc Pública. Findado o ato de inauguração da usina solar, Jorginho recebeu os dirigentes sindicais, que fizeram a entrega da carta. O governador se mostrou disposto ao diálogo, afirmando que quer, sim, estabelecer o diálogo com a categoria eletricitária.

Celesquianos e celesquianas aguardam com expectativa a abertura das conversas com o governo do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui