Nota de solidariedade:

0
13

Os sindicatos que compõem Intercel e Intersul lamentam e se solidarizam com os familiares de Dadá Varella e JB Costa, dois artistas negros de Santa Cata­rina que faleceram na semana passada, de forma repentina.

Dadá era uma liderança do Carnaval de Florianópolis e atu­almente era intérprete da Escola de Samba Império Vermelho e Branco. Também fez parte do grupo musical da Embaixada Copa Lord e da Acadêmicos do Sul da Ilha. Dadá infartou aos 45 anos e teve a morte divulgada pela família no dia 1° de feverei­ro.

Já João Batista Costa, o JB, era considerado o intérprete ofi­cial do escritor e poeta Cruz e Sousa em diversos espetáculos artísticos, ao longo de anos. JB estava envolvido nos últimos dias nas festividades dos 125 anos do Mercado Público de Florianópo­lis e, assim como Dadá, também cantava e sambava os hinos das Escolas de Samba do Carnaval de Florianópolis. JB faleceu na capital no dia 2 de fevereiro e também deixa um grande legado para a cultura catarinense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui